Primeiro brasileiro a nascer às margens da rodovia-símbolo da ditadura na Amazônia, ele foi convertido no garoto-propaganda de um Brasil insustentável