Jornalismo do centro do mundo

Clima

  • CO2 na Amazônia dobrou entre 2019 e 2020, enquanto as chuvas diminuíram 12%.  A cientista Luciana Gatti comenta no podcast “O Assunto” sobre os novos e horripilantes dados do Laboratório de Gases de Efeito Estufa do Instituto Nacional de Estudos Espaciais (Inpe). E afirma que a culpa pela mudança é do desmantelamento dos organismos que fiscalizam o cumprimento da lei. Isso está enfraquecendo a ‘fábrica de chuva’ do Brasil
  • Meses após as enchentes, a Amazônia brasileira enfrenta uma seca severa. Milhares de famílias na Amazônia brasileira estão lutando com a pior escassez de água em décadas e os barcos não conseguem navegar no rio Amazonas perto de Tefé, escreve Fabiano Maisonnave para a Associated Press

 

Saúde

  • Incêndios florestais são responsáveis por 87% das doenças respiratórias no Amazonas. A grande maioria das internações por problemas pulmonares no estado foi derivada dos incêndios florestais, segundo um novo gráfico interativo da revista Piauí, que indica que o número de incêndios até setembro deste ano já é 16% maior do que em 2021
  • Uma animação mostra como a mineração polui rios e águas com mercúrio. Amazônia sem garimpo é um curta realizado por pesquisadores da Fiocruz e da ENSP, em colaboração com as comunidades Yanomami e Munduruku. O filme mostra como a mineração polui rios e águas com mercúrio e descreve os perigos desta poluição


Polícia

  • Garimpeiros ilegais protestam contra a polícia, que faz seu trabalho em Porto Velho. Garimpeiros em Rondônia queimaram pneus e bloquearam o acesso à rodovia BR-319 no início deste mês, depois que a Polícia Federal destruiu 94 dragas que operavam ilegalmente no rio Madeira. É o que mostra a matéria da Amazônia Real
  • Suspeito do assassinato de Dom Phillips e Bruno Pereira é solto sob fiança. Rubens Villar Coelho, o Colômbia, suspeito de “liderar e financiar” um grupo armado, permanecerá em prisão domiciliar aguardando julgamento, informa o The Guardian
  • Banco francês BNP Paribas é acusado de cumplicidade no desmatamento da Amazônia. O grupo ativista jurídico francês Notre Affaire à Tous abriu uma ação judicial contra o banco BNP Paribas por financiar a Marfrig, produtora de carne brasileira que acusa de trabalho escravo e destruição ambiental. Reportagem da Repórter Brasil

Eleições

  • Empresários “sustentáveis” lideram doações para campanha de Ricardo Salles. O ex-ministro do Meio Ambiente, que supervisionou a destruição generalizada da Amazônia, conquistou uma cadeira na Câmara dos Deputados graças aos 250 mil reais doados por cada um desses empresários, que supostamente dirigem empresas sustentáveis: Marcos Ermírio de Moraes, herdeiro do Grupo Votorantim, e José Salim Mattar Junior, fundador da Localiza. Reportagem da Repórter Brasil